Notícias

Quem vai a praia ou curtir uma boa piscina precisa ter cuidados extras com o cabelo

Compartilhe:     |  4 de janeiro de 2021

O verão pode ser uma época desesperadora para os cabelos. Se não forem tomados os cuidados da forma certa, após o contato com a água do mar ou a de piscina, as madeixas sofrem danos a curto e longo prazo.

verão requer uma atenção mais do que especial com os cabelos, uma vez que eles ficam expostos a fatores externos que podem causar danos aos fios. São eles: radiação solar, cloro da piscina e sal do mar. A dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Carla Albuquerque, explica que cabelos tratados químicamente ficam ainda mais frágeis quando expostos a estes fatores.

É recomendado que produtos específicos sejam usados para proteger as madeixas do sol, sal e cloro (Foto: Unsplash / Jacqueline Macou / CreativeCommons)
É recomendado que produtos específicos sejam usados para proteger as madeixas do sol, sal e cloro (Foto: Unsplash / Jacqueline Macou / CreativeCommons)

Por isso, é importante ter uma atenção extra após as lavagens e uma rotina de cuidados especial para garantir que os fios saiam saudáveis e brilhosos da estação. Uma das dicas de Albuquerque é usar produtos hidratantes sem enxágue, como é o caso do leave-in, ou reparadores de silicone antes de entrar no mar ou na piscina.

A dermatologista Regislaine Miquelin alerta ainda que cabelos loiros podem ficar verdes após um dia de água na piscina, por conta do sulfato de cobre, substância presente na água. A melhor forma de evitar esse problema, é lavando-o com shampoos antiresíduos.

No caso de cabelos médios ou longos, Carla recomenda prender em um coque alto, ou rabo de cavalo com presilha ou elástico encapado por tecido, para não quebrar os fios. Depois do banho de mar ou de piscina, é recomendado lavar os cabelos com água doce corrente, preferencialmente em temperatura fria ou morna, e que não seja demorado.

É recomendado usar fotoprotetores específicos para o cabelo e no mercado existem vastas opções para isso, além de hidratar os fios por meio da formação de uma película resistente.

Evite usar secadores, chapinhas e baby liss e opte por secar o cabelo naturalmente sempre que possível (Foto: Pexels / Armin Rimoldi / CreativeCommons)
Evite usar secadores, chapinhas e baby liss e opte por secar o cabelo naturalmente, sempre que possível (Foto: Pexels / Armin Rimoldi / CreativeCommons)

Para evitar que os fios fiquem ainda mais frágeis, recomendam-se hidratações semanais com máscaras e ampolas, além do uso de shampoo e do condicionador específico para seu tipo de cabelo. Não deixe resíduos de produtos nas madeixas e enxágue bem após os banhos. Evite também o uso de secador quente, chapinha ou baby liss. Deixe os cabelos secarem naturalmente com o ar frio. Pode-se aplicar água termal nos fios, uma vez que ela os hidrata de forma prática e eficaz.

Outra dica valiosa de Miquelin é lavar os cabelos antes do mergulho na piscina, para que o couro cabeludo absorva a água do banho e não a com cloro.

Mariana Corrêa, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, recomenda algumas dicas extras para manter os fios ainda mais saudáveis. São elas: prendê-los apenas se estiverem secos e evitar muita força nos fios. Não dormir com cabelos molhados, pois isso pode levar a quebra, e apostar nos protetores térmicos sempre que o uso de secador, chapinha ou babyliss seja feito.

Na hora de se alimentar, invista no consumo de frutaslegumes e verduras. Albuquerque recomenda incluir alguns alimentos no cardápio, como abacatebatata docecarne vermelha, espinafrefeijãoleite e ovos. Regislaine completa a lista reforçando a cenoura, o salmão, a soja e a castanha do pará.

Ao mesmo tempo, é recomendado evitar açúcar refinado, álcool, café e farinha branca. Tudo isso, sem esquecer da hidratação.



Fonte: Casa & Jardim - POR EVELYN NOGUEIRA



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais