Notícias

Quinze cidades da PB receberão equipamentos que vão prever desastres

Compartilhe:     |  9 de agosto de 2014

Quinze cidades da Paraíba vão receber do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) cerca de 40 pluviômetros digitais. Os equipamentos chegam à Paraíba em setembro, e serão usados no mapeamento de áreas de risco no Estado. A previsão é de que Campina Grande seja a primeira cidade a ter os equipamentos instalados.

Serão oito em Campina, monitorados nacionalmente através de um chip que atualiza, a cada 10 minutos, as informações sobre a quantidade de água que cai na localidade, com o objetivo de prever deslizamentos de barreiras ou enchentes causadas pelas chuvas.

O coordenador da Defesa Civil de Campina Grande, Ruiter Sansão, explica que o aparelho dá mais segurança técnica na hora de transformar números em informações reais.

“Campina Grande, histórica e empiricamente, diz quais são as áreas de risco, mas não mostra nada tecnicamente comprovado. Quando os prefeitos chegavam em Brasília para atender áreas de risco, não havia base para considerar uma área como sendo de risco e nossos documentos eram questionáveis. Uma vez instalados, o município está sendo monitorado nacionalmente. Ele tem um chip de celular que acompanha a quantidade de água que cai do céu. A cada dez minutos., uma nova informação é gerada para a central em Brasília e repassada para os municípios. Isso dá maior confiabilidade e certeza na hora de acompanhar os milímetros de água da chuva, por exemplo”, explicou Ruiter Sansão.



Fonte: Portal Correio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Aromaterapia para cães tem vantagens, mas exige conhecimento

Leia Mais