Notícias

Ração com legumes pode causar doença cardíaca em cães, diz FDA

Compartilhe:     |  20 de julho de 2018

Alimentos para animais de estimação contendo ervilha, lentilha, outras leguminosas e batata podem estar provocando doenças cardíacas em cães, segundo a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês), em alerta aos tutores de animais domésticos.

A FDA afirmou na quinta-feira que recebeu um volume “extremamente incomum” de denúncias de cardiomiopatia dilatada canina, que pode dilatar e enfraquecer o coração e acabar provocando insuficiência cardíaca em cães. Os casos ocorreram em raças — golden retriever, labrador retriever, um whippet, um shih tzu, um buldogue e schnauzer miniaturas — que não são geneticamente propensas à doença, mas que consumiram certos alimentos para animais que continham leguminosas ou batata como ingredientes principais.

A FDA informou que já está em contato com as fabricantes de alimentos para animais que produzem os alimentos, mas não identificou as companhias. A FDA afirmou que está investigando possíveis ligações entre a ração e os cães doentes.

Wendy Vlieks, porta-voz da Purina, marca de ração animal da Nestlé, disse que a empresa não foi contatada pela FDA. Embora os ingredientes mencionados no alerta não sejam os principais componentes da grande maioria dos produtos da Purina, segundo Vlieks, os veterinários da empresa estão acompanhando os casos de perto.

O veterinário da J.M. Smucker está trabalhando com a FDA para realizar pesquisas sobre possíveis causas da doença, disse o porta-voz da empresa, Ray Hancart, por e-mail.

A agência informou que os tutores de animais de estimação e veterinários devem relatar quaisquer casos de doenças cardíacas em cães sem predisposição à doença por meio do portal eletrônico de denúncia de segurança da FDA.



Fonte: Anda - Uol



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais