Notícias

Recife aprova lei que obriga novas construções a terem telhado verde

Compartilhe:     |  18 de abril de 2015

A cidade de Recife deve ficar mais verde. A legislação do “Teto Verde”, aprovada em janeiro deste ano, obriga os novos prédios residenciais e comerciais a incluírem vegetação em seus telhados, com o intuito de reduzir as ilhas de calor e preservar a biodiversidade local.

A lei municipal 18.112 é aplicada a qualquer construção de prédios com mais de quatro pavimentos ou unidades com área coberta acima de 400 metros quadrados. Conforme informado pelo Jornal do Comércio de Recife, para que estejam dentro das normas, os edifícios precisam ser cobertos com grama, hortaliças, arbustos ou árvores de pequeno porte, de preferência de espécies nativas da região.

O projeto, que foi apresentado em 2009, ainda obriga a instalação de sistemas de captação e de retardo de água da chuva em todos os novos imóveis residenciais, comerciais ou de serviços com área de solo superior a 500 metros quadrados e que tenham 25% do terreno impermeabilizado.

A medida deve ajudar a economizar água, já que o recurso pode ser reaproveitado para usos diversos, como: manutenção, limpeza e regas de plantas. O sistema também deve auxiliar na drenagem da cidade, pois as ferramentas de retardo de água liberam o recurso gradativamente nas galerias, evitando a sobrecarga.

A decisão segue uma tendência mundial aplicada em grandes cidades como Paris. No último mês a capital francesa também aprovou uma lei que obriga os edifícios comerciais a terem telhado verde. Além do benefício em termos de biodiversidade, a inclusão da vegetação nos telhados ajuda a reduzir a temperatura interna dos prédios, gerando economia nos sistemas de arrefecimento.



Fonte: Redação CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Holanda se torna o primeiro país sem cães abandonados – e não precisou sacrificar nenhum

Leia Mais