Notícias

Rede de mercados da Nova Zelândia retira plásticos de hortifrúti

Compartilhe:     |  19 de fevereiro de 2019

Alguns supermercados da rede neozelandesa New World abandonaram o uso de embalagens plásticas para praticamente todas as suas frutas, verduras e legumes em um projeto chamado ‘food in the nude’ (comida nua). A iniciativa fez as vendas do setor de hortifrúti subirem em 300 por cento.

“Quando montamos as novas prateleiras, nossos clientes ficaram impressionados”, disse Nigel Bond, responsável pela mudança na primeira loja da rede na cidade de Christchurch. “Isso me lembrou de quando eu era criança indo à quitanda com meu pai, você podia sentir o cheiro das frutas cítricas frescas e da cebolinha. Ao embrulhar produtos em plástico, nós higienizamos e privamos as pessoas dessa experiência.”

Bond diz que inicialmente estava preocupado que seus planos pudessem sair pela culatra: “Quando você assume esses projetos, eles podem ser um desastre e levar ao rebote do cliente, mas em meus 30 anos no setor de supermercados essa simples mudança resultou no retorno mais positivo dos clientes que já recebi.”

Como resultado, outras nove lojas da rede resolveram seguir o projeto de Bond. Ele diz que ele e o gerente da loja, Gary May, chegaram à ideia há dois anos: “Na época, percebemos que uma quantidade crescente de produtos frescos estava sendo fornecida em embalagens plásticas. Pensávamos que isso era loucura e prometemos fazer alguma coisa sobre isso.”

Bond iniciou discussões com produtores e fornecedores, a maioria dos quais ele diz estar feliz em procurar maneiras de fornecer produtos livres de embalagens plásticas, mas é bom lembrar que ainda existe uma longa jornada para extinguir totalmente o plástico de todos os produtos.

Foto: Supermarket News

Um novo sistema de prateleiras de refrigeração para a exibição de frutas e legumes frescos foi instalado junto ao processo conhecido como ‘nebulização’ para ajudar a manter itens frescos.

“Vegetais são 90% de água e estudos mostraram que a ‘nebulização’ não só faz o produto ter um aspecto melhor, mantendo sua cor e textura, mas também tem maior conteúdo vitamínico”, diz Bond. “Nós também instalamos um sistema de osmose reversa que trata a água removendo 99% de todas as bactérias e cloro, então estamos confiantes de que a água que estamos misturando permanece pura.”

Traga seu próprio recipiente

A rede New World também está experimentando outra iniciativa onde consumidores podem levar seus próprios recipientes de casa para loja, no sistema conhecido lá fora como BYO (Bring Your Own). A ideia já foi implementada para a compra de carnes e frutos do mar.



Fonte: CicloVivo - Mayra Rosa



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais