Notícias

Redução do tráfico de animais pode prevenir pandemias, diz estudo da revista Science

Compartilhe:     |  8 de agosto de 2020

Um estudo publicado na revista científica Science, na última sexta-feira (24), aponta que a redução do desmatamento e do tráfico de animais pode prevenir o surgimento de novas pandemias. A pesquisa destaca ainda que o investimento em medidas de preservação é menor do que o que está sendo pago para conter a Covid-19.

“Como o financiamento público em resposta à Covid-19 continua subindo, nossa análise sugere que os custos associados a esses esforços preventivos de proteção ao meio ambiente seriam substancialmente inferiores aos gastos econômicos e de mortalidade para responder aos patógenos toda vez que eles surgirem”, diz o artigo.

Tanto o coronavírus quanto o Ebola e HIV, por exemplo, são vírus que passaram de hospedeiros, como morcegos e primatas, para os humanos. Os autores alegam que a redução do desmatamento é fundamental para evitar este ciclo, pois os locais onde 25% da vegetação original foi perdida tendem a ser focos de transmissões virais. A informação é do G1.

De acordo com o estudo, o custo para preservar o meio ambiente seria de 22 bilhões de dólares. O valor, apesar de alto, é menor do que os 2,6 trilhões de dólares que já foram investidos no combate ao coronavírus. Em seu relatório mais recente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que o número de casos de coronavírus confirmados subiu para 15.785.641. Mais de 640 mil pessoas já morreram por conta da doença no mundo.



Fonte: Portal Veg



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais