Notícias

Redução na fertilidade teria relação com a extinção dos neandertais

Compartilhe:     |  10 de junho de 2019

Pesquisadores da Aix Marseille Université, da França, descobriram que mudanças demográficas, tais como a redução na fertilidade e o aumento na mortalidade infantil, podem ter causado a extinção do neandertal (Homo neanderthalensis), espécie humana que surgiu há cerca de 400 mil anos.

Através de uma análise de dados observacionais inéditos e de estudos anteriores sobre grupos de caçadores e primatas, os pesquisadores criaram um novo modelo demográfico para entender como os neandertais teriam se extinguido há pelo menos 40 mil anos. Eles consideraram que a extinção teria ocorrido quando havia apenas 5 mil indivíduos restantes na Terra.

Muitos estudos anteriores levantaram hipóteses catastróficas para entender a extinção dos nossos ancestrais neandertais, tais como doenças mortais e mudanças climáticas. “Esse estudo sobre o desaparecimento dos neandertais não tenta explicar por que eles desapareceram, mas como a aniquilação dos neandertais teria ocorrido”, escreveram os pesquisadores.

Os autores do estudo analisaram diferentes cenários prováveis para o que teria acontecido. Os resultados sugeriram que uma redução pequena na fertilidade de 2,7% pode ter contribuído para o “desaparecimento” da população neandertal. Essa menor fertilidade teria acontecido apenas com as mulheres neandertais mais jovens, com menos de 20 anos de idade.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Primeiros socorros: o que fazer quando o seu pet precisa de ajuda

Leia Mais