Notícias

Saiba como evitar armadilhas na hora de cuidar da beleza e comer e beber na rua

Compartilhe:     |  20 de dezembro de 2014

Verão é época de praia, piscina, passeios ao ar livre, e, mais do que nunca, cuidar da beleza. E é por isso que a Vigilância Sanitária do município do Rio faz um alerta à população: observar a qualidade dos alimentos consumidos na rua e as condições de higiene dos estabelecimentos que oferecem tratamentos estéticos é fundamental para proteger a saúde.

Nesta quinta-feira, no evento “Vigilância Sanitária na Rua”, que movimentou a Praça General Osório, em Ipanema, técnicos orientaram a população sobre problemas de alimentação e saúde que podem acontecer nesta época do ano, principalmente com produtos comercializados na orla, em supermercados e em salões de beleza e estética.

— Ao entrar num restaurante ou mesmo quando for comprar um alimento de um ambulante, é importante observar se ele é legalizado. Os estabelecimentos devem ter a licença da Vigilância Sanitária exposta em local visível. Se o ambiente não for limpo, organizado, com funcionários uniformizados, procure outro lugar para comer — diz a superintendente de educação da Vigilância Sanitária, Flávia Mello.

Na praia, quando bater a fome, a dica é observar se o vendedor aparenta estar asseado, com unhas cortadas e limpas.

— É impossível andar com um termômetro na praia para ver se a temperatura do salgado está adequada. Então, preste atenção na limpeza do isopor, se o sanduíche tem data de validade — recomenda Flávia.

Já na hora de matar a sede, evite colocar gelo na bebida e prefira as industrializadas.

 



Fonte: Extra



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais