Notícias

Saiba como fazer uma ceia de natal para celíacos e intolerantes à lactose

Compartilhe:     |  19 de dezembro de 2014

Dezembro chegou e muita gente já está contando os dias para reunir a família, trocar presentes e, claro, saborear todas as delícias típicas da ceia natalina. O que é motivo de festa para uns pode ser uma frustração para outros. Para quem possui alguma intolerância alimentar, essas festividades podem acabar se transformando em um verdadeiro drama, já que o cardápio natalino, em sua maioria, inclui a lactose e o glúten entre os ingredientes.

Mas resolver isso pode ser bem mais simples do que parece. “Já existe no mercado uma variedade interessante de produtos que podem ser consumidos pelos celíacos e intolerantes à lactose sem problemas. E tendo esses produtos em mãos e um pouquinho de criatividade, é possível montar um cardápio bem variado sem abrir mão do sabor”, garante a jornalista e idealizadora do portal ‘Sem Glúten Sem Lactose’, Débora Pusebon.

Se você possui uma dieta restritiva ou vai receber alguém para a Ceia de Natal que têm intolerância ou alergia ao glúten ou à lactose, pegue papel e caneta para anotar essas receitas que a Débora nos ensinou para garantir uma mesa farta e que agrade todos os paladares:

Entradas


Lucafabbian/iStock Photo

Para recepcionar os convidados, você pode servir duas opções de entradas diferentes. A primeira são as Bruschettas feita com pão sem glúten, tomates cerejas cortados ao meio, azeitonas pretas picadas, cubinhos de tofú, manjericão fresco, alho picado e azeite de oliva extra virgem.

O preparo é bem fácil: misture os tomates, as azeitonas, o tofú e o alho picado e coloque sobre as fatias de pão sem glúten. Leve ao forno até o pão ficar grelhadinho. Salpique o manjericão fresco por cima, regue com azeite de oliva e sirva.


IngridHS/iStock Photo

Outra opção bem saborosa e nutritiva são os rolinhos de berinjela e abobrinha. Para essa receita, você vai precisar: 1 berinjela, 1 abobrinha, 100g de tomates secos, 100g de champignon, ceboletes, sal e azeite de oliva extra virgem.

Corte fatias finas de berinjela e abobrinha no sentido do comprimento, salpique sal e deixe-as descansando por aproximadamente 30 minutos. Lave-as para retirar o excesso de sal e seque bem com papel toalha. Grelhe as fatias de berinjela e abobrinha em uma frigideira untada com azeite. Recheie as fatias com tomate seco e champignon, enrole e amarre com as ceboletes. Pronto, agora é só servir.

Prato principal


bhofack2 /iStock Photo 

Ele não poderia ficar de fora: o tradicional peru recheado. A dica aqui é substituir a margarina comum pela margarina sem leite e também utilizar preferencialmente a farinha de mandioca, que não contém glúten.

Confira todos os ingredientes: 1 peru grande,  1 xícara (chá) de vinho branco, 5 colheres (sopa) de margarina sem leite, 8 colheres (sopa) de azeite, 200g de bacon cortado em cubinhos, 250g de azeitonas picadas, 2 ½ cebolas grandes picadas, 1 ½ xícara (chá) de ameixas pretas picadas, 5 xícaras (chá) de farinha de mandioca, sal a gosto, 1 maço grande de cheiro verde picadinho e 1 pimenta dedo-de-moça picada.

Outro prato que combina muito bem com a época do Natal é a Bacalhoada. Essa receita é mais fácil de preparar que o peru e também é muito gostosa. Você pode montar da seguinte forma: azeite de oliva no fundo do refratário, depois rodelas de tomate, rodelas de batatas pré-cozidas, o bacalhau já dessalgado, rodelas de pimentão, ovos cozidos e azeitonas. Finalize com muito azeite de oliva e leve ao forno para assar durante 30 minutos.

Acompanhamentos


Fudio/iStock Photo

Para servir junto com o prato principal, você pode preparar um risoto de quinoa com vegetais e shitake. Os ingredientes são: 1 xícara de quinoa, 4 ½ xícaras de caldo de legumes (natural), 1 colher de sopa de azeite extra virgem, ½ molho de cheiro verde picado, ½ xícara de cebola picada, 1 colher de chá de gengibre ralado, 1 dente de alho picado, 1 colher de sopa de talos de salsinha, 200g de shitake fatiado, 1 xícara de cenouras cortadas em meia lua, 1 xícara de milho cozido, 1 xícara de vagem francesa picada, 1 xícara de abobrinha verde picada, 1 xícara de tomate perinha ou cereja cortados ao meio, ½ colher de chá de mix de especiarias e sal marinho.

Modo de preparo: lave a quinoa em água corrente. Numa panela, junte a quinoa e 2 xícaras de caldo de legumes. Cozinhe em fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e cozinhe com a panela tampada por 20 min. Reserve. Numa frigideira, coloque o azeite, a cebola, o alho, os cabos de salsinha e o gengibre. Salteie por alguns segundos.

Acrescente o shitake e salteie até dourá-lo. Junte a cenoura, o milho e a vagem. Salteie por mais dois minutos. Junte a abobrinha e salteie por mais um minuto. Adicione uma xícara do caldo de legumes e deixe cozinhar por cinco minutos. Tempere com sal e o mix de especiarias. Acrescente a quinoa, o restante do caldo de legumes e cozinhe por mais cinco minutos. Junte o tomate e misture delicadamente. Sirva imediatamente salpicado com salsinha.


Barol/iStock Photo 

Como opção de salada, sugerimos essa receita que leva folhas verdes com manga, palmito e tomate. É só dispor a rúcula, o alface, o agrião, a manga cortada em tiras, o palmito em rodelas e os tomates cerejas em um refratário e regar com azeite de oliva, suco de limão e usar sal marinho para temperar.

Sobremesas


DouglasFreer /iStock Photo

Para deixar sua ceia completa, só falta a sobremesa. A sugestão é o pudim sem leite. Você vai precisar de 6 ovos,  400 ml de leite de coco, 1 ½ xícara de açúcar comum, 1 pitada  de sal, 1 xícara de açúcar mascavo, ¼ xícara de água quente e 2 colheres (sopa) de amido de milho.

Coloque o açúcar mascavo em uma forma para pudim com furo no centro, leve ao fogo bem baixo e deixe o açúcar derreter. Assim que estiver dourado, coloque a água quente com cuidado e mexa. Deixe descansando enquanto coloca o pudim para bater. Peneire todos os ovos. Coloque os ovos e o restante dos ingredientes no liquidificador e bata bem. Despeje na forma e leve para assar (forno médio 180 graus pré-aquecido) em banho-maria por 1 hora. Leve a geladeira por pelo menos quatro horas para esfriar. Sirva a seguir.



Fonte: CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais