Notícias

Saiba como organizar as festas de Natal e do Ano Novo sustentáveis

Compartilhe:     |  21 de dezembro de 2014

O aumento do consumo nesta época do ano, por conta da proximidade do Natal e do Ano Novo, aumenta em até quatro vezes a geração de resíduos. Para incentivar festas de fim de ano mais sustentáveis, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos criou um espaço em sua página na internet com dicas para que a população fique atenta ao consumo excessivo e colabore para evitar o desperdício e poupar o meio ambiente.

“Este é momento oportuno para reflexão. Como nosso tema é meio ambiente, nada melhor do que aproveitar esta data para pensar sobre o que cada um de nós pode fazer, com pequenas iniciativas, para contribuir com a qualidade de vida das atuais e futuras gerações”, disse o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Caetano de Paula Júnior.

No site www.meioambiente.pr.gov.br o internauta encontra o banner “Natal Sustentável”. Lá estão dicas de compras, decoração, ceias, presentes e até de enfeites de Natal que podem ser produzidos com materiais recicláveis.

https://i0.wp.com/www.aen.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/41347/Faa_voc.jpg?resize=640%2C640

DECORAÇÃO – As primeiras dicas da Secretaria do Meio Ambiente estão relacionadas à decoração e às ceias de Natal e Ano Novo.

Enfeites de Natal feitos com gravetos de jardim, enfeites de rena reaproveitando rolhas, guirlandas, presépios e bonecos de neve podem ser feitos com a ajuda das crianças e utilização de materiais que todos têm em casa.

Para quem ainda não montou a árvore de Natal, uma boa dica é enfeitar uma, várias árvores ou plantas naturais. As árvores artificiais têm em sua composição derivados do petróleo, como chumbo e vinil, que gastam energia para serem produzido e poluem o meio ambiente.

Os enfeites podem ser feitos apenas com materiais simples e fáceis de achar, como laços de tecido, linha, flores e embalagens de produtos. A única regra é soltar a imaginação e abusar das cores e brilhos. Outra dica é reaproveitar os enfeites que foram usados no Natal passado.

Para a iluminação da residência ou da árvore de Natal, existem lâmpadas de baixo consumo como, como as lâmpadas de Led. Já as velas ecológicas feitas com ceras vegetais derivadas de palma, girassol e soja são muito mais baratas que as tradicionais. Os cartões de Natal também podem ser feitos com papéis reciclados. Além de originais, ficam lindos.

https://i1.wp.com/www.aen.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/41347/Ceia.jpg?resize=640%2C640

CEIA – Para as ceias de Natal e Ano Novo a palavra de ordem é planejamento. As compras pensadas com antecedência evitam sobras e desperdícios. Outra alternativa é optar por produtos orgânicos, cultivados por agricultores da sua região.

Ao organizar a festa, evitar o uso de pratos, talheres e copos descartáveis. Sujos, eles não são reaproveitados totalmente. Além de mais barato, utilizar louça convencional é bem mais sustentável e pode ser divertido lavar e arrumar tudo em família.

https://i0.wp.com/www.aen.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/41347/Compras.jpg?resize=640%2C640

COMPRAS – Nas compras de Natal o consumidor deve ficar atento ao excesso de embalagem. Dar preferência ao comércio local contribui para reduzir a emissão de gás carbônico na atmosfera, já que o transporte de produtos a longas distâncias não é necessário. Outra boa pedida é optar pelas marcas preocupadas com as questões ambientais. Boas compras podem ser feitas também nas feiras de artesanato, que oferecem produtos natalinos feitos com muita criatividade.

Outra atitude simples no dia a dia e que contribuiu de forma significativa para reduzir os danos ao meio ambiente é levar de casa a própria sacola para carregar as compras e rejeitar as sacolas plásticas oferecidas pelo comércio.

O coordenador de Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente, Paulo Roberto Castella, lembra que, na prática, a sustentabilidade está em ajudar a reduzir o impacto ambiental sobre os recursos naturais não renováveis. “Com pequenas atitudes, todas as pessoas podem contribuir para uma vida melhor em sociedade”, ressalta Castella.

https://i0.wp.com/www.aen.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/41347/Presentes.jpg?resize=640%2C640

SEPARE SEMPRE – Separar corretamente materiais como plástico, papelão, latas e caixas é uma iniciativa que traz bons resultados sociais e ambientais. Ao separar, limpar e disponibilizar o lixo para coleta em sacos diferenciados é possível aumentar a renda dos agentes ambientais (catadores), que atuam nos municípios, coletando materiais recicláveis.

“A reciclagem é sempre uma boa alternativa para encaminhar o grande volume de caixas e embrulhos de presentes que sobram após o Natal ou dos resíduos de PET, garrafas de vidro e latas após as festas”, completa o coordenador de resíduos sólidos da Secretaria do Meio Ambiente, Carlos Garcez.



Fonte: Agência de Notícias Paraná



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais