Notícias

Saiba como purificar o sangue naturalmente com ervas e alimentos

Compartilhe:     |  20 de outubro de 2020

O sangue tem funções muito importantes para o funcionamento do nosso corpo, como o transporte de oxigênio, hormônios, nutrientes e células do sistema imunológico. Por isso, se nosso sangue deixar de ser saudável, vêm as doenças e o desequilíbrio em nosso organismo.

Pensando nisso, este conteúdo traz informações fundamentais para cuidar bem da saúde do sangue.

Confira!

Causas da intoxicação sanguínea e impurezas no sangue

Diariamente, somos expostos a vários fatores que impregnam o sangue de toxinas, tais como:

Este fatores contribuem para a formação de toxinas em nosso sangue, que acabam sobrecarregando os órgãos do corpo, desencadeando consequentemente doenças.

Como o organismo purifica o sangue?

O corpo tem seu sistema de purificação através do trabalho dos pulmões, rins e fígado mas, quando há um excesso de causas provocando a produção de toxinas no organismo,  é necessário buscar formas de depurar o sangue, para que ele fique limpo e livre de impurezas.

Esses órgãos cuidam da purificação do sangue das seguintes maneiras:

Fígado

O fígado é um órgão que está localizado na parte superior direita do abdômen, tem a função de converter alimentos em energia e remover toxinas produzidas pelo álcool, metais pesados e drogas medicamentosas.

Rins

Os rins são dois órgãos que funcionam como filtros do sangue, removendo toxicidades.

Quando esses órgãos ficam sobrecarregados por excesso do consumo de alimentos processados e industrializados, bebidas alcoólicas ou cheias de aditivos, utilização demasiada de drogas medicamentosas ou por alguma doença renal, faz-se necessário buscar formas de reverter essa situação.

Pulmões

Estes órgãos respiratórios ajudam na oxigenação do sangue, o mantendo saudável.

A função dos pulmões pode ficar comprometida quando ocorre exposição à muita poluição e inalação ou contato com produtos altamente tóxicos.

Além desses órgãos, temos outras partes do organismo que os ajudam nessa função como os intestinos, a pele, o baço, o pâncreas e o sistema linfático.

Por que o sangue precisa ser purificado?

Ademais, ter o sangue saudável, o permite cumprir com suas funções vitais e fisiológicas.

Funções do Sangue

O sangue tem três funções vitais e principais:

Transporte

O sangue transporta o oxigena as células e órgãos do corpo.

Além disso, o sangue leva nutrientes do trato digestivo para outras partes do organismo.

Proteção

No sangue estão inseridos os glóbulos brancos que combatem os micro-organismos prejudiciais à saúde do corpo.

Outra finalidade dos glóbulos brancos tem a ver com fatores plaquetários que servem para coagular o sangue e evitar hemorragias, em virtude de algum ferimento ou corte.

Regulação

Regular o pH, manter o corpo hidratado e em temperatura adequada, são outras funções vitais e imprescindíveis do sangue.

Quando é necessário purificar o sangue?

Um sangue sujo dá sinais através de sintomas, indisposição e doenças, o que pode ser confirmado clinicamente por meio de exames laboratoriais.

Quando constatado que as causas dos sintomas têm relação com impurezas, ou com o mau funcionamento dos órgãos purificadores do sangue, é necessário buscar tratamentos.

Conforme o caso, os tratamentos  podem ser à base de medicamentos, ou intervenções médicas com o uso de biotecnologia, quando o problema de saúde for muito grave e emergencial.

Caso contrário, o tratamento pode ser de forma natural, com o consumo adequado de água,  de alimentos, chás e sucos que possuem propriedades depurativas e desintoxicantes.

Intervenção médica para purificar o sangue

Nas últimas três décadas, a medicina tem avançado no emprego de tecnologias terapêuticas e dispositivos que visam purificar o sangue, e que se baseiam no tratamento exógeno do sangue.

Essas técnicas têm sido utilizadas para o tratamento de muitas doenças refratárias às terapias convencionais, aliadas à administração de medicamentos e, de acordo com o caso, ao emprego de cirurgia.

A biotecnologia tem o objetivo de remover toxinas ou agentes patogênicos da circulação sanguínea, por meio de técnicas de biosseparação como: diálise, filtração, adsorção ou a combinação de qualquer uma delas.

Essa terapia biotecnológica de remoção direta e rápida de agentes patogênicos do sangue do paciente, pode ser empregada nos seguintes casos:

  1. no campo de cuidados intensivos, como plasmaférese para tóxicos
  2. suporte de vida para falhas de órgãos, como exemplo, a hemodiálise para insuficiência renal
  3. correção de distúrbios metabólicos e imunológicos, como imunoadsorção para doenças autoimunes

Dessas técnicas artificiais de remoção das impurezas e toxidades do sangue, a mais conhecida é a hemodiálise, que purifica o sangue dos pacientes com o quadro de insuficiência renal, que precisam dessa intervenção para se manterem vivos.

A intervenção biotecnológica de purificação do sangue é empregada também em outros casos como:

As técnicas de purificação do sangue podem apresentar efeitos colaterais, devido a hemocompatibilidade, ou seja, quando o sangue entra em contato com materiais estranhos, uma variedade de componentes do sangue ficam retidos neles, o que pode provocar a ativação de certos componentes do sangue por meio de vários processos enzimáticos.

Nesse contexto, a hemocompatibilidade pode induzir a ativação dos leucócitos em diferentes extensões, bem como a liberação de mediadores inflamatórios incluindo citocinas, óxido nítrico, radicais livres de oxigênio e plaquetas.

Dessa forma, essas reações podem causar efeitos colaterais graves durante os tratamentos de purificação do sangue. Por isso, a escolha de materiais adequados e a melhora da hemocompatibilidade estão entre as principais preocupações para a utilização desses dispositivos terapêuticos.

Formas naturais de purificar o sangue

Existem formas naturais e eficazes de desintoxicação e limpeza do sangue e que ainda facilitarão o trabalho dos órgãos de purificação do corpo.

Veja uma lista dos principais alimentos e ervas para manter o sangue limpo:

Água

A água é um dos purificadores naturais do sangue, além de ser o mais comum e simples.

Os rins eliminam as toxinas do sangue pela urina e a água é o veículo que este órgão utiliza para realizar o seu trabalho.

A água expele todas as toxinas através da urina.

Sendo assim, a melhor maneira de ajudar os rins em seu trabalho é beber bastante água.

A água também mantém os vasos sanguíneos saudáveis e limpos para que o sangue possa circular livremente.

Além do que, um corpo desidratado pode adoecer os rins e provocar o entupimentos das veias e vasos sanguíneos.

Para evitar que o sangue fique sobrecarregado de toxinas, o ideal é beber 2 litros de água por dia, ou até mais, dependendo das necessidades e atividades físicas da pessoa.

Legumes crucíferos

Os vegetais crucíferos como repolho, couve-flor, couve de Bruxelas são recomendados para doentes renais por serem ricos em antioxidantes e por terem propriedades anticâncer.

Mirtilos

Essa frutinha azul é rica em antioxidantes, protege o fígado e o mantém saudável.

Cranberries

Os cranberries promovem a saúde do trato urinário, impedindo que ele seja afetado por infecções bacterianas, mantendo os rins saudáveis.

Café

O café tem propriedades de prevenir o acúmulo de gordura no sangue, por isso combate doenças hepáticas.

Alho

O alho tem propriedades anti-inflamatórias, reduz o colesterol e a pressão arterial, fatores que podem prejudicar os vasos sanguíneos dos rins.

Toranja

A toranja protege o fígado graças às suas propriedades antioxidante e anti-inflamatória, agindo como um bálsamo para este órgão quando se encontra sobrecarregado.

Maçã

Essa fruta  é fonte de uma fibra solúvel conhecida como pectina.

Essa fibra solúvel regula os níveis de açúcar no sangue.

O açúcar elevado no sangue pode prejudicar os rins, por isso, comer maçã previne doenças renais.

Gengibre

gengibre combate o açúcar no sangue e a gordura no fígado, tem ação anti-inflamatória e é desintoxicante.

Chá verde

Esse chá estimula o fígado, elimina gordura hepática e previne o câncer nesse órgão.

O ideal é beber pelo menos quatro xícaras de chá verde por dia.

Hibisco

O hibisco vinagreira (Hibiscus sabdariffa) possui efeitos diuréticos no corpo e ajuda na filtração renal.

A flor dessa planta pode ser utilizada em chá.

Salsinha

salsinha é depurativa do sangue e limpa os rins ajudando-os a trabalhar melhor.

Dente de leão

O dente-de-leão age como diurético e depurativo do sangue, além disso, ajuda a melhorar a função hepática.

Para essas finalidades pode-se utilizar o chá de dente-de-leão, usando folhas, flores ou até sua raiz.

Brócolis

O brócolis, além de delicioso, é um dos melhores purificadores naturais do sangue, por ajudar a remover as toxinas do organismo.

Além do mais, esse vegetal é rico em cálcio, vitamina C, ácidos graxos ômega-3, fibra alimentar, potássio, manganês, fósforo e glucosinolatos.

O consumo regular de brócolis desintoxica o sangue e estimula o sistema imunológico.

Frutas Frescas

Frutas como ameixas, laranja, abacaxi, maracujá, manga, morango, pera e goiaba, possuem propriedades alcalinizantes, que contribuem para reduzir substâncias ácidas do sangue que, em excesso, podem comprometer a saúde do corpo.

Tomate

Esse fruto que é utilizado em saladas e pratos salgados tem a propriedade de reduzir gordura no sangue e purificar o organismo, eliminando toxicidades graças ao licopeno e à glutationa contidos nele.

Vegetais com folhas verdes

Vegetais como couve, alface, almeirão, acelga, espinafre, rúcula e agrião contêm nutrientes essenciais e antioxidantes que mantêm  um fluxo sanguíneo saudável, além de aumentar as enzimas do fígado e promover o processo de desintoxicação do sangue.

Beterraba

beterraba é  fonte natural de nitratos e betaína, nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios, que protegem o fígado.

Beber o suco de beterraba ajuda a aumentar a produção de enzimas que desintoxicam naturalmente o corpo.

Açúcar mascavo

O açúcar mascavo é consumido tradicionalmente pelas famílias indianas, e tido como purificador natural do sangue.

Esse açúcar é diferente em comparação ao branco, pois não é refinado preservando suas fibras.

As fibras do açúcar mascavo possuem propriedades de promover a saúde do sistema digestivo, prevenindo a constipação e a retenção de impurezas no intestino.

O alto teor de ferro no açúcar mascavo restaura os níveis de hemoglobina e mantém o sangue saudável.

Além disso, esse açúcar tem propriedade anticoagulante, evitando a coagulação do sangue nas veias e artérias do corpo.

Cúrcuma

A cúrcuma tem inúmeras propriedades benéficas ao corpo é uma verdadeira panaceia curativa.

Dentre os benefícios que a cúrcuma traz para a saúde do organismo temos: a melhora da função hepática, o aumento dos glóbulos vermelhos, a prevenção de inflamações e a tonificação do corpo.

Limão

Uma das formas difundidas para se obter os benefícios do limão, é a mistura de seu sumo com água morna.

Essa mistura promove a eliminação de gordura no fígado e melhora a função renal.

O limão é fonte de vitamina C e minerais que ajudam a desintoxicar o sangue.

Prevenção: evite impurezas

A prevenção é uma forma de evitar que nosso corpo adoeça por excesso de exposição ao que é tóxico, ou devido ao consumo de alimentos cheios de aditivos, conservantes, aromatizantes, corantes, espessantes e palatabilizantes.

Por isso, não adianta usar ervas ou alimentos purificadores se você não evitar o que desencadeia as impurezas em seu sangue. É como morder e assoprar ao mesmo tempo!

Cuide de seu sangue como se ele fosse um ambiente, mantenha-o limpo e oxigenado.



Fonte: GreenMe



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais