Notícias

Saiba por que o óleo de coco é tão bom para diminuir a queda de cabelo

Compartilhe:     |  25 de fevereiro de 2021

Pesquisa mostrou que, entre o óleo de girassol e mineral, essa alternativa é que mais oferece proteínas aos fios

Uma pesquisa realizada pela instituição Nature Care Division, em Mumbai, na Índia, mostrou que o óleo de coco tem melhor desempenho na queda de cabelo, se comparado aos óleos de girassol e mineral. O benefício torna o produto um verdadeiro aliado de quem deseja cuidar da beleza.

Durante o estudo, notou-se que o tratamento com óleo de coco “evitou danos ao pentear de vários tipos de cabelo”. Depois, os participantes incluíram o óleo mineral e de girassol na lista para efetuar a higiene pré e pós lavagem dos fios. O resultado visualizado pelos estudiosos foi que a eficiência do óleo de coco se destaca.

“Entre os três, o óleo de coco foi o único óleo encontrado para reduzir a perda de proteína notavelmente para cabelos danificados e não danificados”, observou a equipe, ao portal Express.co.uk,. Quanto ao de girassol e mineral, percebeu-se que não ajudam a redução da perda de proteína do cabelo, motivo da queda.

A resposta do estudo para a diferença de eficácia foi atribuída à composição de cada um dos óleos. “O óleo de coco, sendo um triglicerídeo do ácido láurico (principal ácido graxo), tem alta afinidade pelas proteínas do cabelo. E devido ao seu baixo peso molecular e cadeia linear direta, é capaz de penetrar na haste do cabelo”, explicaram.

“O óleo mineral, sendo um hidrocarboneto, não tem afinidade com proteínas e, portanto, não é capaz de penetrar e produzir melhores resultados. No caso do óleo de girassol, embora seja um triglicerídeo do ácido linoléico, por sua estrutura volumosa – devido à presença de ligações duplas – ele não penetra na fibra, não resultando em impacto favorável na perda de proteínas”, continuaram os pesquisadores.

Óleo de alecrim

Embora não apareça na pesquisa, o óleo de alecrim também é conhecido por ser vantajoso para o mesmo problema de beleza. Um estudo publicado na Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos e divulgado pelo Mail Express mostrou que o alecrim atua de forma tão eficaz quanto o medicamento minoxidil, recomendado para tratar a perda dos fios. Saiba mais aqui.

Alimentação e beauté

As proteínas são essenciais para que os fios não caiam e permaneçam fortes. O especialista em cuidados com cabelos Philip Kingsley, ao portal Express.co.uk, explicou que elas são os “blocos de construção” do cabelo. “Tornam o cabelo forte e ajudam a mantê-lo em sua fase de crescimento”, acrescentou.

Ao notar que as madeixas estão caindo, os cuidados externos, como o uso de óleo de coco, devem ser combinados com o consumo de alimentos ricos em proteínas. No entanto, se a queda não for causada por deficiência de proteína, mas devido à idade avançada, pode ser necessário um tratamento mais medicamentoso.



Fonte: Metrópoles - Catarina Loiola



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Veterinário dá dicas importantes de como cuidar de cães e gatos com a continuação do isolamento social

Leia Mais