Notícias

Saiba quais são as dicas de reaproveitamento para as sobras da ceia de Natal

Compartilhe:     |  26 de dezembro de 2016

Pernil, maionese, tender, panetone, o Natal acabou, mas e a comida, sobrou muita coisa? No Bem Estar desta terça-feira (26), a nutricionista Isabela Pimentel explica como aproveitar as sobras com saúde. As frutas, por exemplo, basta lavar de novo antes de guardar. O endocrinologista João Eduardo Salles explica a relação delas com o triglicérides.

Reaproveitar alimentos é sempre legal, principalmente quando pensamos em desperdício. No entanto, quando falamos em Natal ou Ano Novo temos dois problemas: as ceias nem sempre são preparadas com as melhores condições de higiene e as comidas ficam expostas na mesa por muito tempo, além de terem sido feitas pela manhã. É muito arriscado reaproveitar esses alimentos.

Frutas

É clássico no Natal aquela mesa linda com muitas frutas típicas dessa época. Sempre sobra muita coisa e elas são boas opções para continuar no clima natalino até o próximo ano. As frutas podem ser congeladas e depois virar gelinho, suco ou smoothie, se batidas com iogurte.

O endocrinologista João Salles faz um alerta sobre o consumo de frutas exagerado, principalmente, para os diabéticos. Muitos pacientes trocam a refeição por frutas ou comem muitas porções nessa época do ano, mas isso não é saudável. A frutose, açúcar da fruta, aumenta a glicemia no sangue e ajuda na formação de triglicérides. O ideal é seguir a recomendação de 3 a 5 porções diárias, sendo que uma porção é uma fruta média ou uma fatia de uma fruta grande.

Outro ponto para ficar atento é o xarope de milho, um concentrado de frutose que está presente em diversos alimentos como refrigerantes, sucos de caixinha, condimentos (ketchup e mostarda), frutas em conserva, geleias, bolos e pudins.

Carnes

Só podemos reaproveitar a sobra limpa, ou seja, aquele pedaço de carne que não foi levado à mesa. Fica a dica para a próxima ceia, cortar metade da picanha, por exemplo, e deixar uma parte na geladeira para ficar mais conservada e com menos chance de contaminação. No dia seguinte, as carnes podem virar uma salada fresca, omelete, risoto.

Doces

A palavra-chave é COMPARTILHAR!!! Ganhou 5 panetones? Dê para os familiares, vizinhos, amigos e fique com apenas um. Porque quanto mais se tem à vista, mais vai comer. Sobrou pavê, pudim, rabanada? Faça marmita para os parentes levarem parte dos doces para casa. Congelar doces não é uma boa porque ao invés de comer por uma semana, vai comer por um mês inteiro.



Fonte: Bem Estar



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais