Notícias

Salsicha com menos sódio é bem aceita pelos consumidores

Compartilhe:     |  24 de novembro de 2016

O excesso de sal é um grande vilão para a saúde, em especial por desencadear a hipertensão, que pode gerar encrencas como AVC e infarto. A questão é que estamos acostumados a abusar das pitadas desse ingrediente na hora de preparar um prato — e a indústria da alimentação também carrega na dose para agregar sabor e durabilidade aos seus produtos. Ou seja, às vezes é difícil não extrapolar o limite de 5 gramas de sal por dia. Mas um novo estudo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), no interior paulista, traz uma alternativa para contornar essa situação.

Os pesquisadores desenvolveram uma salsicha com 50% a menos de sódio. Na sequência, pediram para 120 consumidores a experimentarem e a compararem com a versão comum. Aliás, uma única salsicha chega a conter de 20 a 30% do valor diário de sal recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Pois bem: os resultados mostram que os consumidores gostaram dos itens menos salgados. Em nota, a engenheira de alimentos Maria Teresa Esteves Lopes Galvão, autora do trabalho, afirmou: “Isso prova que a reformulação de produtos cárneos, como as salsichas, através da redução dos teores de sódio, é sim viável sob a ótica do consumidor”.

O achado ganha importância na medida que boa parte da indústria alimentícia alega que não reduz a concentração de sódio dos alimentos porque os brasileiros não aceitariam esses itens. Agora é esperar para ver se essa salsicha chegará ao mercado — e se incentivará o desembarque de outros produtos mais balanceados sob essa perspectiva.



Fonte: Saúde é Vital



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais