Notícias

Satélite acha ‘floresta’ no meio do Saara com quase 2 bilhões de árvores

Compartilhe:     |  12 de novembro de 2020

O deserto do Saara abriga uma floresta com quase dois bilhões de árvores. Não, você não leu errado: uma das regiões mais áridas do planeta é o habitat de centenas de milhões de árvores. A novidade foi apresentada em uma artigo publicado na revista científica Nature. O estudo foi liderado por Martin Brandt, da Universidade de Copenhague, e Compton Tucker, da Nasa.

Eles explicam que o motivo pelo qual as árvores não haviam sido identificadas antes pode estar na qualidade de resolução de satélites antigos. Levantamentos anteriores foram feitos com equipamentos que não possuíam tecnologia o suficiente para identificar as copas de árvores solitárias. Pelo contrário, eles apenas notavam grandes volumes de verde coletivo.

As fotos que serviram como base para o artigo foram conseguidas graças à intervenção do governo americano, que compraram as imagens de empresas privadas. Fotos de satélite desse tipo costumam pertencer a essas companhias ou a órgãos de inteligência e forças armadas, onde são guardadas sob sigilo.

Mesmo com a qualidade do registros adquiridos, a contagem das árvores envolveu a utilização de inteligência artificial para “ensinar” o algoritmo a compreender o que era uma árvore mesmo quando elas estavam encobertas por nuvens ou por poeira. Foi assim que as 1,8 bilhões de árvores em uma área de 1,3 milhão de quilômetros quadrados foi identificada.

Em um futuro que os pesquisadores esperam não estar tão distante, será possível mapear todas as árvores do mundo. Esse nível de detalhamento seria ideal para que ambientalistas pudessem compreender melhor o meio ambiente.



Fonte: Hypeness



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais