Notícias

Seis em cada dez municípios de PE adotam racionamento de água

Compartilhe:     |  22 de fevereiro de 2015

A estiagem dos últimos quatro anos secou os reservatórios de Pernambuco. Seis em cada dez municípios estão com racionamento de água.

O açude Poço da Cruz é o maior reservatório de Pernambuco. Ele fica em Ibimirim, a 330 quilômetros do Recife. Tem capacidade para armazenar 504 milhões de metros cúbicos de água.

Há dez anos o açude atingiu o volume máximo. Era uma época de fartura para os sertanejos. Mas depois de quatro anos de seca severa, o cenário é totalmente diferente. As réguas de medição estão expostas. Construções antes submersas agora reaparecem.

Quando o reservatório atinge o nível máximo, a água chega a uma parede construída para reforçar a segurança e evitar que transborde para o outro lado. Mas, com a seca prolongada, o açude recuou de tal forma que ele está muito distante do limite máximo. Há pouco mais um mês o fornecimento para os canais de irrigação foi suspenso.

Jornal Nacional: Se liberar a água o que acontece?
Francisco Manoel da Silva, secretário do Conselho Gestor do Açude: Você tem o esvaziamento total do açude e isso não é bom de forma nenhuma.

José Edno é fruticultor. Ele reduziu a área plantada de oito para apenas meio hectare. “Até 60 milheiros de banana eu já colhi. Agora são três, quatro, cinco no máximo que eu colho”, conta.

A situação é dramática em outros reservatórios de Pernambuco. Ao todo, 41 estão em colapso, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima. Um deles, no município de Triunfo, secou desde novembro. A cidade está sendo abastecida por caminhões-pipa.

“Tomar banho, cozinhar e beber, porque para lavar roupa nós já teríamos que recorrer a outro meio”, diz a agricultora Telma Lúcia de Moura

Ao todo, 116 municípios do estado estão enfrentando algum tipo de rodízio de água, e a previsão não é animadora. “A previsão é que chova abaixo de 70% do esperado”, afirma o meteorologista Roberto Pereira.

Enquanto a região depender apenas do tempo para ter água, as novas gerações se acostumam com os baldes.



Fonte: Jornal Nacional



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Educação canina para iniciantes: 5 dicas

Leia Mais