Notícias

Seminário promovido pelo governo federal debaterá turismo em áreas protegidas

Compartilhe:     |  7 de outubro de 2019

Evento, promovido pelo Ministério do Turismo com participação do ICMBio, acontecerá dia 8 de outubro na Enap, em Brasília.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) participará do Seminário Turismo em Áreas Protegidas, que acontecerá na próxima terça-feira (8), das 8h30 às 18h, na sala Nexus, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília. O objetivo do seminário é proporcionar um ambiente de aprendizado sobre os conceitos e diretrizes do turismo sustentável e o alinhamento de ações para potencializar o aproveitamento econômico dessas áreas em consonância com a preservação ambiental. O evento é promovido pelo Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Nacional de Integração Interinstitucional, com a participação do ICMBio.

Arte para Divulgação Imagen 2019 09 26 at 12.21.20

De acordo com o presidente do ICMBio, Homero Cerqueira, a instituição tem trabalhando cada vez mais para melhorar a infraestruturas das unidades de conservação, aumentando, assim, a visitação pública e propiciando que as pessoas busquem os espaços de contato com a natureza. Segundo o presidente, a visitação em UC estabeleceu um novo patamar em 2018 com mais de 12,4 milhões de visitas, um aumento de 16% (1,7 milhões de visitas) em relação ao recorde anterior de 10,7 milhões, em 2017. Cerqueira ressalta o trabalho do ICMBio de fomentar as concessões de serviços de uso público nos Parques, garantindo uma melhoria na infraestrutura das unidades de conservação como é o caso do Parque Nacional do Iguaçu e da Tijuca, que são os campeões de visitação.

No evento, a equipe do ICMBio falará sobre as contribuições do turismo em unidades de conservação para a economia brasileira. Um estudo realizado pelo Instituto aponta que os visitantes gastaram cerca de R$ 2 bilhões nos municípios de acesso às unidades de conservação, gerando benefícios econômicos para o Brasil, gerando renda e emprego. As concessões dos serviços de uso público serão outro tema abordado pelo ICMBio no Seminário. Com as delegações de serviço, as empresas ganham o direito de operar serviços de apoio a visitação por um determinado período de tempo e, em contrapartida, assumem compromisso de fazer investimentos nas unidades. Os serviços de gestão, conservação, proteção e pesquisa continuam sob o controle administrativo e territorial do governo, já que não se trata de privatização. O objetivo é melhora a qualidade dos serviços prestados aos visitantes das unidades de conservação, já que o ICMBio não tem como finalidade gerenciar serviços como hospedagem e alimentação; podendo assim focar esforços na conservação.

Também está marcada uma palestra do concessionário do Grupo Cataratas, que falará sobre a sua experiência, com o tema: “a parceria público-privada em visitação de parques como estratégia de conservação: lições aprendidas, oportunidades e desafios”. O grupo é concessionário do Parque Nacional do Iguaçu. Além disso, também serão abordados assuntos como turismo de base comunitária, que tem crescido bastante nas unidades de conservação, e sobre a construção da Rede de Trilhas de Longo Curso.

O Seminário Turismo em Áreas Protegidas faz parte da parceria estabelecida em 2017 entre o Ministério do Turismo, Ministério do Meio Ambiente, ICMBio e Embratur, com o propósito de estabelecer relações entre instituições do governo federal para implantar ações conjuntas para desenvolver o turismo ecológico e integrado à diversidade sociocultural e à conservação da biodiversidade nas unidades de conservação federais, bem como atuar na sua promoção e apoio à comercialização em âmbito nacional e internacional.

Serviços

Seminário Turismo em Áreas Protegidas

Data: 8 de outubro, das 8h30 às 18h

Onde: na sala Nexus, da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília

Confira a programação aqui

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados
15 Vida terrestre 150

Comunicação ICMBio
(61) 2028 9280



Fonte: Comunicação ICMBio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais