Notícias

Sobe para 16 o número de pacientes suspeitos de coronavírus no Brasil

Compartilhe:     |  2 de fevereiro de 2020

A cidade de Paulínia, no interior de São Paulo, confirmou, na noite da última sexta-feira (31), o segundo caso suspeito de coronavírus. O primeiro havia sido registrado na quinta-feira. Trata-se de um homem de 45 anos que voltou recentemente de uma viagem à China. Neste sábado, o Ministério da Saúde atualizou o número de casos suspeitos no Brasil para 16. Os casos são em cinco estados: São Paulo (8), Rio Grande do Sul (4), Santa Catarina (2), Ceará (1) e Paraná (1).

A Secretaria Municipal de Sáude de Paulínia informou, em nota, que “está tomando todas as providências de caráter epidemiológico, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, além de medidas de segurança e de isolamento para tratar de forma mais adequada e eficiente a família, bem como de proteção da população”.

Apesar de residir em Paulínia, o paciente foi atendido em uma clínica particular na vizinha Campinas. Esse caso é considerado suspeito pelo Ministério da Sáude. A profissional de saúde que atendeu o paciente em Campinas, uma mulher de 30 anos que também reside em Paulínia, apresentou sintomas da doença. Segundo a nota divulgada na sexta à noite pela secretaria, ela “já está em isolamento domiciliar, assim como toda sua família”.

O estado de saúde dos dois pacientes, informou a nota, é estável. Ambos estão sendo acompanhados por um Comitê de Gestão criado pela secretaria.

Todas as unidades de saúde da rede municipal de Paulínia foram visitadas por uma equipe composta por profissionais da Vigilância em Saúde e Vigilância Epidemiológica. Também foi instituído um protocolo para o atendimento de pessoas que apresentarem sintomas da doença. A Secretaria de Saúde informou que houve reforço na Vigilância Epidemiológica do Hospital Municipal.

Mais pacientes suspeitos

Segundo novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado no início da tarde deste sábado, o número de casos suspeitos no Brasil subiu para 16. Ontem, a pasta havia divulgado que 12 pacientes estavam sendo monitorados após manifestarem sintomas da doença.

Os casos estão diluídos entre os estados de São Paulo (8), Rio Grande do Sul (4), Santa Catarina (2), Paraná (1) e Ceará (1). Em comparação com o boletim da última sexta-feira, o número de pacientes suspeitos dobrou no RS, enquanto SP e SC confirmaram um novo caso suspeito cada.



Fonte: Extra



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Medicamentos e remédios caseiros: o que fazer e o que não fazer?

Leia Mais