Notícias

Supermercados Walmart não venderão mais peixes vivos em suas lojas

Compartilhe:     |  28 de outubro de 2019

Dotados de inteligência, memória e capacidade de reconhecer outros peixes, esses animais são condenados a passar suas vidas em pequenos aquários, longe dos mares e rios apenas para servir aos interesses humanos

O maior varejista do mundo já vendeu peixes vivos como animais domésticos em cerca de 1.700 lojas. Mas, em uma teleconferência com seus fornecedores no início deste ano, o Walmart anunciou que não ofereceria mais peixes ou plantas aquáticas. De acordo com a Pet Business, a mudança começou em março, mas os gerentes de lojas individuais tiveram a opção de decidir quando remover os tanques.

O Walmart respondeu por grande parte do mercado de peixes vivos. Estima-se que o varejista em massa tenha respondido por até 30% das vendas de peixes tropicais no mercado mundial.

Peixes como animais domésticos

Manter um peixe como animal doméstico para aprender sobre responsabilidade geralmente é um ritual de infância. Muitas pessoas provavelmente se lembram de pegar um peixe dourado em um tanque lotado ou um betta cintilante, embalado em um pequeno recipiente de plástico.

“Como os peixes habitam habitats vastos e obscuros, a ciência apenas começou a explorar abaixo da superfície do mar sobre suas vidas particulares. Eles não são movidos pelo instinto ou respondem como máquinas”, afirmou o ecologista Jonathan Balcombe, autor do livro de 2016 “What a Fish Knows” (O que um Peixe Sabe),  em entrevista ao New York Times.

“Suas mentes respondem com flexibilidade a diferentes situações. Eles não são apenas coisas, eles são seres sencientes com vidas consdieradas importantes para eles. Um peixe tem uma biografia, não apenas uma biologia”.

Um estudo de 2016 publicado na revista Animal Cognition revelou que os peixes são muito mais inteligentes do que as pessoas imaginam. Eles são capazes de reconhecer outros peixes e resolver quebra-cabeças. Ao contrário da crença popular, suas memórias podem durar meses.

A indústria de animais domésticos costuma maltratar peixes. Em maio passado, o grupo internacional de direitos dos animais PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) divulgou uma exposição de mais de 100 lojas da Petco, revelando peixes betta vivendo em água contaminada. Muitos peixes morrem antes de chegar à loja de animais. Apesar de precisar de pelo menos um tanque de 2,5 litros, um bom sistema de filtragem e água com temperatura controlada, muitos peixes vivem suas vidas em pequenos tanques ou aquários.



Fonte: Anda - Eliane Arakaki



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Veterinária dá dicas para cuidar da saúde dos olhos de animais domésticos

Leia Mais