Notícias

Tartaruga-cabeçuda é devolvida à natureza após 4 meses de reabilitação

Compartilhe:     |  1 de fevereiro de 2021

Após quatro longos meses de reabilitação e muitos cuidados, uma tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta) foi devolvida ao seu habitat pela equipe do Instituto Gremar. A soltura ocorreu no Parque Estadual Marinho da Laje de Santos e faz parte do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). A tartaruga foi resgatada no dia 7 de setembro em Itanhaém.

Ela foi encaminhada para a Unidade de Estabilização de Praia Grande e também recebeu cuidados no Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos, no Guarujá. O animal foi diagnosticado com anemia profunda e o estado era grave. Ela recebeu transfusão de sangue de outra tartaruga da mesma espécie que estava em atendimento no Projeto Tamar, em Ubatuba (SP).

Após o procedimento, a tartaruguinha passou a melhorar e ficar mais ativa. Também passou a comer mais e foi transferida para um tanque cada vez maior para poder nadar mais livremente e se exercitar. Graças aos esforços de uma grande equipe, ela reagiu bem ao tratamento e chegou ao peso de 78 kg, podendo finalmente ser solta e devolvida ao seu habitat.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais