Trilhas da Paraíba

Tavares

Compartilhe:     |  1 de junho de 2019

O município de Tavares está localizado na microrregião da Serra do Teixeira, Estado da Paraíba distante 429,2 km da capital João Pessoa.. Possui uma área de aproximadamente 229 Km².

Limita-se a Oeste com Princesa Isabel, a Norte com Nova Olinda, a Leste Juru e a Sul com as localidades de Quixaba e Carnaíba em Pernambuco.

O acesso a partir da Capital é feito através da BR-230 até a cidade de Patos, onde se toma a PB-110 com destino a Teixeira.

Neste ponto, segue-se pela PB-206 até Juru, onde se penetra na PB-426, percorrendo-se cerca de 15 km até a sede municipal.

Devido à variação do relevo o índice pluviométrico da Micro-região é maior que o das outras áreas do Oeste paraibano. Tavares localiza-se a 725 metros acima do nível do mar e a agricultura, juntamente com a pecuária e o comércio, constitui as principais atividades econômicas do Município.

História

O município de Tavares foi criado pela lei nº 2.150 de 10 de Setembro de 1959 e emancipado de Princesa Isabel, do qual fazia parte, em 17 de Novembro daquele ano. A origem da cidade de Tavares remonta a segunda metade do século XIX quando o senhor Manoel Antonio do Nascimento toma posse de uma vasta área de terras denominada de Sítio Campina.

No ano de 1849, chegou a essa região o Padre Francisco Arcoverde Tavares que impressionado com a qualidade do solo e com o clima agradável fez paragem naquelas terras. Inicialmente instituiu uma feira livre e à sombra de um juazeiro, em um altar improvisado com varas, celebrou a primeira missa com presença de muitas pessoas.

Em 29 de setembro de 1874, no mesmo lugar, foi construída uma pequena capela e em memória do filho do senhor Manoel Antonio, que havia sido devorado por uma onça, o padroeiro escolhido foi São Miguel Arcanjo.

Numa homenagem póstuma ao Padre Francisco Arcoverde Tavares, o Sítio Campina passou a ser chamado de Tavares e a Revolução de 1930 na Paraíba: Em 1930 a cidade de Tavares, a época parte do município de Princesa, atual Princesa Isabel, foi o palco da chamada “Revolta de Princesa”, ocorrida em 1930.

Este movimento armado teve repercussão nacional pelas suas motivações pelo desfecho trágico, e pelas conseqüências advindas dessa revolução na história nacional. A proclamação de independência do município de Princesa que passou a se considerar Território Livre e por isso separado da Paraíba, deu início a uma guerra civil dentro do Estado.

Foram sete meses de intensos combates que ocasionaram muitas mortes e a destruição quase completa do então povoado de Tavares, que ainda hoje guarda as marcas desse conflito.



Fonte: Site Oficial de Tavares



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais