Notícias

Tecnologia à base de microespelhos permite que imagens em 3D possam ser vistas sem óculos

Compartilhe:     |  5 de fevereiro de 2015

A tecnologia dos televisores 3D é muito mais antiga do que imagina a maior parte dos consumidores. Os primeiros aparelhos a apresentar imagens em três dimensões datam do final dos anos 20 do século passado. Eram equipamentos rudimentares, pouco semelhantes aos televisores modernos de hoje, mas que também careciam de óculos especiais para que as imagens em três dimensões pudessem ser vistas pelos espectadores.

Hoje, quase 100 anos após a criação da primeira televisão 3D, os óculos ainda são parte essencial para se viver a experiência de assistir a imagens em três dimensões. Mas não por muito tempo, garante um grupo de pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Viena, na Áustria. De acordo com eles, já a partir de 2016, imagens 3D de alta definição poderão ser assistidas por centenas de pessoas, ao mesmo tempo, sem a necessidade de nenhum tipo de equipamento diante dos olhos.

Tudo graças a uma tecnologia desenvolvida com a TriLite Technologies, uma empresa especializada em monitores, que em 2013 teve a ideia de criar um telão que projeta a luz diretamente para os olhos do espectador. Segundo Jörg Reitterer, pesquisador da empresa e doutorando da universidade, o protótipo construído pela parceria resolve todos os principais problemas que a exibição em 3D enfrenta para se popularizar, como a redução da qualidade e da claridade da imagem e, principalmente, os óculos.

A base do projeto é o chamado trixel, aparelho milimétrico que utiliza lasers e um microespelho móvel para projetar imagens diferentes diretamente em cada olho do observador, criando a ilusão de tridimensionalidade sem a necessidade de óculos ou algo parecido. Além disso, ao contrário de um cinema 3D ou de um televisor do tipo, a nova tecnologia consegue gerar diversas imagens ao mesmo tempo, que variam conforme o ângulo em que são observadas.

Ou seja, o trixel não apenas resolve o problema do número limitado de óculos de uma TV, mas também apresenta novas possibilidades para a tecnologia. “Uma pessoa sentada em uma cafeteria vê uma propaganda para um café de sua mesa, enquanto um cliente próximo à vitrine, olhando exatamente a mesma tela, pode enxergar a tabela de preços do local, por exemplo”, conta Reitterer. 

IEpag74_Tecnologia.jpg

 



Fonte: Revista IstoÉ



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais