Espécies em Extinção

Tigres de bengala podem ser completamente extintos em 50 anos

Compartilhe:     |  16 de fevereiro de 2019

Foto: Pixabay

Segundo os cientistas, os Sundarbans – a última fortaleza costeira do tigre de Bengala e a maior floresta de mangue do mundo, abrangendo mais de 10.000 quilômetros quadrados – pode ser destruída pelas mudanças climáticas e pelo aumento do nível do mar nos próximos 50 anos.

“Menos de 4 mil tigres de bengala estão vivos hoje”, disse Bill Laurance, professor da Universidade James Cook, na Austrália.

“Esse é um número realmente baixo para o maior felino do mundo, que costumava ser muito mais abundante, mas hoje está principalmente confinado a pequenas áreas da Índia e Bangladesh”, disse Laurance.

“O mais aterrorizante é que nossas análises sugerem que os habitats dos tigres nos Sundarbans desaparecerão totalmente em 2070”, disse Sharif Mukul, professor assistente da Universidade Independente de Bangladesh.

Os pesquisadores usaram simulações de computador para avaliar a adequação futura da região de Sundarbans de baixa altitude para tigres e suas espécies de presas, usando estimativas gerais de tendências climáticas do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima.

As análises incluíram fatores como eventos climáticos extremos e aumento do nível do mar.

“Além da mudança climática, os Sundarbans estão sob pressão crescente de empreendimentos industriais, novas estradas e maior caça ilegal”, disse Laurance.

“Os tigres estão sofrendo um duplo golpe – maior invasão humana, por um lado, e piora do clima e aumentos associados do nível do mar, por outro”, disse ele. As informações são do Economic Times.

Outro alerta

Recentemente, a organização britânica “Born Free” afirmou que a caça e a destruição de seu habitat causaram o desaparecimento de 96% da população de tigres nos últimos cem anos.

“Dentro deste ecossistema extraordinário, os tigres mais do que nunca precisam de nossa intervenção devido a inúmeras ameaças, principalmente conflitos entre humanos e animais selvagens,” disse Howard Jones, CEO da Born Free, com sede em Horsham, no condado de Sussex, Inglaterra.

“É impossível imaginar um mundo sem tigres. A menos que façamos algo agora, as consequências podem ser terríveis.”

“Precisamos urgentemente de apoio para a nossa iniciativa ‘Living with Tigers’, para que possamos encorajar a convivência pacífica entre humanos e animais através da educação e envolvendo a comunidade local em várias iniciativas únicas para melhorar seus meios de subsistência.”

A Born Free afirma que 85% de todos os conflitos entre tigres e humanos ocorrem quando as pessoas se aventuram na floresta e se intrometem no território da vida selvagem.

O desenvolvimento e a invasão de áreas urbanas no habitat dos tigres é um grande problema a ser enfrentado, pois as áreas florestais são essenciais para a sobrevivência da espécie. Existem vastos corredores que permitem aos animais migrar pelas áreas de seu habitat, e a perda destes provavelmente causaria um colapso desastroso e irreparável na população de tigres.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais