Notícias

Tratamento de saúde no Japão enterra pessoas até o pescoço na areia a 50º

Compartilhe:     |  19 de maio de 2018

A aventura do Globo Repórter começa no Sul do Japão, na cidade de Beppu, conhecida como a terra da cura. Ali, o vapor brota do asfalto. E a explicação está nas alturas: dois vulcões ativos: Tsurumi e Garan. Beppu foi erguida sobre essa intensa força da natureza. E como numa enorme panela de pressão, o vapor busca uma saída.

Um mundo de águas escaldantes. São quase 3 mil fontes termais na região, a maior concentração em toda a Ásia. Delas brotam águas ricas em minerais e nutrientes, que ajudam a combater doenças. Desde que o trem chegou a Beppu, em 1911, o caminho das águas quentes do inferno se tornou para os japoneses o caminho da saúde.

A lama ali também é remédio. Rica em minerais, ela ameniza os sintomas de reumatismo, coceiras e doenças de pele em geral. As forças no centro da terra liberam minerais que também enriquecem a água de Beppu, que possui quase 170 casas de banho. Na medida e temperatura certa, a areia das praias da região também faz bem para a saúde.

Os pequenos vagões vermelhos sempre trazem novos visitantes. A maioria vem dos países asiáticos. Todo esse vapor tem outra utilidade: ele tem sais minerais que dão um sabor especial para a comida.



Fonte: Globo Repórter



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Apoie o Projeto de Lei que institui o “SUS Animal”. Veja como apoiar

Leia Mais