Dicas de Praia

Turistas se encantam com lagoas e praias de Pacatuba

Compartilhe:     |  13 de agosto de 2016

Por Carla Suzanne Pacatuba, SE

O Tô de Folga desta semana visita o litoral norte de Sergipe para conhecer as lagoas de água doce e o mar das praias do município de Pacatuba. O destino, conhecido como Ponta dos Mangues, é bem rústico e perfeito para quem quer surfar, andar de barco ou simplesmente relaxar contemplando a natureza.

Em Pacatuba, a 70 km de Aracaju, a ordem é esquecer a correria, deixar para trás a rotina e seguir a estrada de terra. É por um caminho de paisagens rurais, que se chega a um recanto do litoral de Sergipe ainda pouco conhecido.

O caminho de areia traçado pelo vento, revela 20 km de dunas douradas que se movimentam o tempo todo. Os guias são moradores da região e levam os turistas a lugares no meio das dunas cobertos pela vegetação nativa, onde é possível ver o descanso de um belo lagarto. O passeio, com três horas com um guia, custa R$ 50.

As dunas na região ficam em uma área de preservação permanente e, por isso, buggys não são permitidos, mas também não fazem falta, porque os caminhos são fáceis de percorrer e o melhor de tudo é a visão que se tem quando se chega ao topo: pelo menos 30 lagoas que se formam entre os morros de areia, uma atrás da outra.

O visitante pode conhecer todas as lagoas de caiaque. O passeio para duas pessoas, por duas horas, custa R$ 40. A dois quilômetros das lagoas, fica a vila de pescadores. Quem chega até o local pode aproveitar o rio e o mar, separados por um banco de areia.

O visitante pode alugar barcos pequenos para conhecer um pouco mais esse pedaço do litoral norte de Sergipe. Três horas de passeio sai por R$ 40. Seguindo no passeio de barco, surgem imensos bancos de areia, que se formam com o movimento das marés, e a beleza dos manguezais preservados.

Um pouco mais a frente fica a praia do Termas, ainda pouco explorada, de muitas ondas, que virou refúgio de surfistas. “Quem quer surfar bem vem pra aqui”, diz o surfista Bruno dos Santos.

Também vai para a praia do Termas quem quer aproveitar cada pedacinho da natureza e da tranquilidade do lugar. “Uma paz incrível, um recanto pra o sossego onde você pode vir descansar, refletir, pensar melhor na vida”, relata o professor Elenilson Passos.



Fonte: Jornal Hoje



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: saiba tudo sobre o assunto

Leia Mais