Notícias

Um novo oceano está surgindo na África por causa do afastamento de placas tectônicas

Compartilhe:     |  21 de julho de 2020

Entre cinco e dez milhões de anos a África se dividirá em dois continentes por causa do afastamento das suas placas tectônicas e isso vai gerar um novo oceano.

Na região de Afar, na Etiópia, as placas tectônicas da Somália, Núbia e Arábia tem se afastado gradualmente, de acordo com reportagem da NBC News, formando lentamente uma enorme fenda que se transformará em um novo oceano.

O afastamento das placas tectônicas gerou uma fenda no solo. Crédito: University of Rochester

“Podemos ver que a crosta oceânica está começando a se formar, porque é distintamente diferente da crosta continental em sua composição e densidade.”

Christopher Moore, estudante de Ph.D. da Universidade de Leeds, à NBC.

Singular oportunidade

Faz tempo que os cientistas desconfiam que as placas estejam em processo de separação, mas avanços na tecnologia de GPS tem colaborado para compreendermos especificamente o que tem acontecido por baixo da superfície.

Este novo oceano na África será uma oportunidade única para o entendimento de como se dá a ruptura tectônica, reporta a NBC. Apesar de sabermos que as placas tectônicas estão constantemente se movimentando não sabemos exatamente quais forças empurram as três em direções opostas.

Devagar e sempre

Uma das possíveis explicações é que gigantescas rochas superquentes borbulham sob o manto no ponto exato em que as placas se tocam. Mas é uma hipótese que não pode ser confirmada.

Com a monitoração por GPS será possível observar a taxa de movimento de cerca de cinco milímetros por ano, afirma Ken Macdonald, o geofísico marinho da Universidade de Santa Barbara a NBC. “À medida que obtemos mais e mais medidas de GPS, podemos uma idéia muito melhor do que está acontecendo”.



Fonte: Ambiente Brasil - Hypescience



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Doação de sangue em animais: como funciona e os requisitos para um animal ser doador

Leia Mais