Notícias

Uma única dose de antidepressivo muda arquitetura funcional do cérebro

Compartilhe:     |  20 de setembro de 2014

Uma única dose de antidepressivo é suficiente para produzir mudanças dramáticas na arquitetura funcional do cérebro humano. Exames de imagem feitos antes e depois de as pessoas tomarem um inibidor de recaptação seletiva de serotonina (SSRI, na sigla em inglês) revelaram mudanças na conectividade em três horas, segundo estudo publicado nesta quinta-feira na revista “Current Biology”.

— Não estávamos esperando que o SSRI tivesse um efeito tão proeminente em curto espaço de tempo ou que afetasse todo o cérebro — diz Julia Sacher, do Instituto Max Planck para Ciências do Cérebro e Cognitivas.

Os SSRI estão entre os medicamentos antidepressivos amplamente estudados e prescritos no mundo inteiro, mas ainda não está claro como eles funcionam. Já era sabido que essas drogas mudam a conectividade do cérebro de forma importante, mas acreditava-se que os efeitos aconteciam em semanas, não horas. O novo estudo mostra que as mudanças começam a acontecer imediatamente. Sacher diz que o que eles estão observando em indivíduos que nunca tinham tomado antidepressivos pode ser um marcador de reorganização cerebral.

Voluntários que participaram no estudo passaram 15 minutos em uma máquina de ressonância magnética que media a oxigenação do sangue no cérebro. Os pesquisadores montaram imagens 3D do cérebro de cada indivíduo medindo o número de conexões entre blocos pequenos (voxels) e a mudança nas conexões a partir de uma dose do medicamento.

A análise de toda a rede cerebral mostra que uma dose de SSRI reduz o nível de conectividade intrínseca na maior parte do cérebro. Mas Sacher e equipe observaram um aumento na conectividade em duas regiões cerebrais: o cerebelo e o tálamo.

Essa descoberta representa um primeiro passo essencial para pacientes que sofrem de depressão, segundo os pesquisadores.



Fonte: O Globo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Aromaterapia para cães tem vantagens, mas exige conhecimento

Leia Mais