Notícias

Uva preta tem resveratrol; saiba mais sobre a substância e todos seus benefícios

Compartilhe:     |  21 de agosto de 2020

A uva preta que produz o suco de uva integral e o vinho tinto faz bem ao coração. A uva é fonte de carboidratos, importantes para o fornecimento de energia para o corpo. Contém vitamina C, vitaminas do complexo B e sais minerais como ferro, cálcio e potássio. A uva, principalmente as escuras, possui ação antioxidante, ou seja, combate os radicais livres e também é anticancerígena. A casca da uva rosada possui uma substância cardioprotetora chamada resveratrol, que ajuda no controle do colesterol, na diminuição da formação de coágulos sanguíneos e na prevenção da trombose. O suco de uva integral é calórico, por isso deve ser utilizado com moderação no máximo 200 ml por dia. O vinho tem álcool e deve ser consumido também com moderação: uma taça por dia. Quem optar em consumir a fruta: máximo 10 uvas por dia. Quem está em processo de emagrecimento não é recomendado tomar álcool, como já tratamos aqui na coluna.

Benefícios do Resveratrol:

Melhora a aparência da pele (envelhecimento precoce)

Ajuda a purificar e desintoxicar o organismo, além de combater inflamações

Proteger o organismo contra doenças cardiovasculares

Ajudar a reduzir o colesterol LDL

Atenção:

O excesso de resveratrol pode causar diarreias, náuseas e vômitos. O resveratrol em cápsulas ou manipulado deve ser consumido com orientação médica, em especial por grávidas, durante a amamentação ou por crianças.

Busque a sua melhor versão!

Pílulas

Autismo – Instituto do Autismo é o novo empreendimento do Instituto do Movimento de Kadu Lins. Novos colaboradores estão sendo selecionados: fonoterapeuta, psicólogos, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, todos precisam ter especialização em atendimento aos portadores de Autismo. Informações: [email protected]

Colesterol e Saúde Ocular – No Dia Nacional de Combate ao Colesterol, comemorado no último sábado (08), a oftalmologista Luciana Valença, do Instituto de Olhos do Recife, fez uma alerta sobre a importância de controlar o colesterol alto no sangue, para evitar danos irreversíveis na visão. Além de piorar condições relacionadas a diabetes e hipertensão, o colesterol elevado, do tipo LDL, pode agravar doenças retinianas e gerar oclusões de veias ou artérias, causando perda visual muitas vezes severa. Outras consequências negativas podem ser o aparecimento de manchas de cor amarelada nas pálpebras, chamadas de xantelasmas, bem como o arco senil, que consiste na descoloração branca ou cinzenta da córnea periférica. Também pode ocorrer a deposição de cristais de colesterol no vítreo, condição denominada de sínquise cintilante. Medidas de controle, como uma alimentação balanceada e a prática regular de exercícios físicos, devem aliar-se ao acompanhamento periódico com o oftalmologista.

Mamografia – O Portal Sul Consórcio retomou os atendimentos com a Unidade Móvel de Mamografia nos municípios de Rio Formoso, São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré. As marcações dos exames de mamografia bilateral para rastreamento acontecem nas Secretarias Municipais de Saúde. Uma vez por mês a Unidade Móvel estaciona nos municípios consorciados para realizar 50 exames/dia, das 8h às 15h. O serviço de diagnóstico por imagem de mamografia móvel digital é realizado em parceria com o Portal Sul Consórcio através do Programa Portal Saúde (NiS) e da empresa Central da Mama.

Imunidade – Nos últimos quatro meses cresceu a procura por medicamentos que aumentam a imunidade devido à pandemia do Coronavírus. O medo de adoecer levou as pessoas a reforçarem o uso de multivitamínicos, além das vitaminas C, D, E, Zinco e Selênio. Houve um incremento superior a 200% na produção desses produtos, segundo dados da Pharmapele. De acordo com Fabíola Lima, Farmacêutica e Nutricionista da Pharmapele, reforçar a imunidade não impede o contágio e também não cura a doença, mas auxilia o sistema imunológico a estar forte para enfrentar o vírus. “Diante desse cenário, as vendas de medicamentos e vitaminas que ajudam no fortalecimento da imunidade vêm sinalizando um aumento considerável ao longo da pandemia. A melhora da imunidade foi a principal justificativa para o aumento do consumo de multivitamínicos, desde o início da pandemia”, frisou.

Oftalomologista Adriana GoisOOftalmologista Adriana Gois (Foto: Divulgação)
Palavra do Especialista

Estresse e doenças oculares: aumento do hormônio cortisol pode levar a perda parcial da visão

“A Serosa Central tem cura na grande maioria dos casos” – Oftalmologista Adriana Gois

Emoções são fatores importantes para todas as doenças que atingem o corpo humano. Os estressores, sejam eles externos ou internos, estimulam inúmeras reações do sistema neuroendócrino, que responde promovendo baixas ao sistema imunológico. Nesse contexto, a Coroidopatia Central Serosa, também chamada de Retinopatia Serosa Central ou apenas Central Serosa, é uma das patologias mais comuns. Pacientes comumente afetados, entre 25 a 50 anos, queixam-se de perdas parciais da visão, mediante a uma mancha escura no centro do olho. Por meio do aumento de um hormônio chamado cortisol, produzido em situações de esgotamento físico e/ou mental, a doença provoca um descolamento na região da retina, causado por um tipo de vazamento de líquido oriundo dos vasos sanguíneos. O resultado disso é o surgimento de um bolsão de líquido responsável por elevar as camadas da retina e provocar o deslocamento do foco da região central do olho, local onde está localizada a mácula. A Serosa Central tem cura, na grande maioria dos casos, ademais, trata-se de uma anomalia que desaparece sem deixar sequelas no paciente. Seu diagnóstico pode ser feito através de exames específicos e existem algumas modalidades de tratamento, a depender do caso.

Adriana Gois é oftalmologista do Hospital de Olhos de Pernambuco
CRM/PE: CRM 17829
@hopereferencia

Rafael Coelho (Médico – CRM/PE: 23.943)
Site: https://www.rafaelcoelho.med.br/
Instagram: @drrafaelcoelho



Fonte: Folha de Pernambuco



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais