Notícias

Veja como manter uma horta para garantir alimentos frescos sempre à mão

Compartilhe:     |  17 de agosto de 2020

O momento que estamos vivendo despertou o interesse de muitas pessoas por ter uma horta em casa, seja para ter mais contato com natureza ou até mesmo para aproveitar o tempo e ter uma atividade de bem-estar.

Para quem ainda não tirou essa vontade do papel, a empresa Isla Sementes, que comercializa mais de 600 variedades de sementes e kits, dá algumas dicas práticas para colocar o sonho em prática.

O coordenador de mercado da empresa, Diego Diel, lista informações importantes para quem quer iniciar fazendo uma horta de temperos e folhosas. Assim, além do passatempo e do contato com o plantio, você terá alimentos frescos à mão para deixar suas receitas mais saborosas.

começar plantar
Foto: Markus Spiske | Unsplash

Primeiro passo

Segundo o especialista, o primeiro passo é analisar se tem espaço em casa (não precisa ser grande, mas uma área que bata sol), materiais como vaso, jardineira, terra, ferramenta, regador e analisar todos os detalhes do que você já tem.

“Às vezes temos tudo para fazer uma horta e acabamos comprando coisas desnecessárias. Podemos usar acessórios reutilizáveis, como um balde, uma caixinha de ovo que pode virar uma sementeira… Primeiro é analisar o que se tem e partir para a mão na massa, assim pensamos na estrutura, onde vamos plantar, etc”, ressalta.

Espaço e luz

Sobre o espaço, não há uma regra. Pode ser um espaço grande ou pequeno, mas é importante ter luz. O sol é muito relevante, porque é energia para a planta. Diel aponta que o ideal é ter no mínimo quatro horas de luz, mas ressalta que, mesmo que não tenha tanto tempo de iluminação, a planta acaba se adaptando. Na dúvida, escolha o local com maior luminosidade disponível e experimente.

Com relação à estrutura, ele revela que há diversas formas. “Pode-se fazer uma estrutura suspensa, em cima de um cavalete, uma escada, parapeito ou janela. No chão ou em floreiras. Essencial pensar numa drenagem, para escoar a água dada às plantas. As hortaliças gostam de solo úmido, mas não encharcado. Exemplos são os furos na base dos vasos ou ainda evitar terrenos que alaguem para uma horta em canteiros.”, informa.

Conhecendo cada hortaliça

Para escolher o que plantar, segundo o especialista, é interessante saber as características das plantas que se deseja cultivar. Abaixo, ele explica sobre as mais procuradas para começar uma horta.

Microverdes: Funcionam até em baixa luminosidade (por ficarem prontos muito rápido), são o destaque dos pequenos espaços. Podem ser de inúmeras variedades de vegetais diferentes e tem o cultivo mais simples de se fazer em casa. No site da Isla é fácil ver a lista completa de variedades, que vão desde a tradicional cebolinha até o crocante Girassol.

Basicamente é necessária uma bandeja (com furos embaixo), um pouco de substrato (terra, vermiculita, fibra de coco, etc.) e sementes de qualidade. Como toda horta, mas ainda mais essencial por serem muito delicados, cuide para o substrato estar sempre úmido – se ficar muito seco logo que as sementes germinarem, elas podem morrer.

Cada envelope de sementes vem com a quantidade aproximada para fazer um plantio, elas devem ficar espalhadas cobrindo o espaço sem se sobreporem.Em uma semana, mais ou menos, já dá pra aproveitar o início da colheita!

“Eu digo que uma hortaliça é como uma criança. Temos que olhar com atenção, se conectar com todos os cuidados, ver se está úmida, se germinou, se não germinou tem que plantar de novo, fazer as podas. Se envolver de fato com a horta, dando atenção para as hortaliças a colheita vem!”, finaliza Diel.



Fonte: CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais