Notícias

Veja dicas de como se tornar uma pessoa resiliente diante das adversidades

Compartilhe:     |  2 de julho de 2018

Habilidade de enfrentar as adversidades e ter a capacidade de se reestruturar. Esta é a definição da palavra resiliência, termo emprestado da física e que caiu no gosto do povo. Tornar-se resiliente é o objetivo de quem quer passar pelos problemas e superá-los, ficando cada vez mais resistente aos imprevistos da vida.

— A pessoa consegue lidar com a pressão externa e, mesmo assim, retornar ao estado de equilíbrio para seguir adiante — diz a psicóloga Ana Paula Dias da Silva, que atende pela plataforma Vittude.

Desenvolver a resiliência pode não ser tarefa fácil para algumas pessoas. Há quem tenha facilidade de mudar sua visão de mundo e enxergar um aprendizado em cada tropeço, mas outros, a cada queda, sentem mais dificuldade de se levantar.

— Existem pessoas que já desenvolvem desde cedo esta característica. Elas têm uma base um pouco diferenciada, uma inteligência emocional mais aflorada e boas habilidades sociais, e isso se começa a construir na infância. Quem tem mais dificuldade em ser resiliente, normalmente, é porque não conseguiu desenvolver muito bem suas habilidades sociais, como a comunicação, a assertividade, a escuta, a empatia. Então, o processo se torna um pouco mais difícil — afirma a psicóloga Livia Marques.

A estrutura psíquica e o modo de criação de uma pessoa são muito importantes para o desenvolvimento da resiliência. Ana Paula sugere que um “ambiente suficientemente bom” para alcançar este objetivo seria aquele que é seguro, acolhedor, mas também suscetível a falhas.

— É importante que o indivíduo tenha na infância um ambiente protetor no qual ele se sinta seguro, mas é essencial que este ambiente também falhe de vez em quando, porque a falha coloca o indivíduo em contato com a realidade, que muitas vezes nos frustra. A partir do momento em que eu me sinto protegida e acontece a falha, vou aprender a lidar com a frustração — explica.

Mas se você não teve essa base, não é preciso se preocupar. É possível se tornar resiliente. Veja abaixo algumas sugestões para desenvolver essa habilidade.



Fonte: Extra



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais