Notícias

Verrugas são provocadas por vírus e são contagiosas, alerta médica

Compartilhe:     |  27 de outubro de 2014

Qualquer lesão ou bolinha que aparece com relevo na pele geralmente já é chamada de verruga, mas nem sempre é. As verrugas verdadeiras são virais, provocadas por um tipo do vírus HPV, como explicou a dermatologista Márcia Purceli no Bem Estar desta sexta-feira (24), e são mais comuns em quem tem a imunidade baixa – cerca de 30% das crianças, por exemplo, têm; nos adultos, esse número cai para apenas 3%.

A médica alertou que as verrugas são contagiosas e podem se espalhar pelo corpo – por isso, não é bom cutucá-las.

É importante também prestar atenção a outras características, como a aparência – elas podem ser esbranquiçadas ou da cor da pele, têm a superfície áspera, rugosa e endurecida, com pontinhos pretos, e aspecto semelhante ao de uma couve-flor. Segundo a dermatologista, tratamentos caseiros são perigosos porque a pessoa geralmente não sabe se está mexendo mesmo em uma verruga ou em alguma outra lesão. Por isso, é sempre bom procurar um médico para um diagnóstico correto.

info verrugas (Foto: arte / G1)

Bandagens
O Bem Estar desta sexta-feira (24) explicou também os diferentes usos de bandagens, como por exemplo, o uso terapêutico – usadas para ajudar em sessões de fisioterapia, elas ajudam a relaxar os músculos, a sustentar diversas partes do corpo e até a liberar estímulos cerebrais, o que pode auxiliar até mesmo pacientes com síndrome de Down e problemas neurológicos.

Outro uso que tem sido bastante discutido é nas academias – antes, elas eram vistas apenas em atletas de alto rendimento, mas agora já fazem parte do dia a dia de quem se exercita. A indicação é de que a bandagem gera uma tensão que ajuda a contrair ou relaxar o músculo, aliviando a dor local. Mas a aplicação deve ser feita apenas por fisioterapeutas, que avaliam a necessidade de cada paciente, como alertou a reportagem.

Em nota, o Conselho Federal de fisioterapia e terapia ocupacional e a Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva afirmaram, no entanto, que apesar das boas experiências com as bandagens, ainda são essenciais novos estudos e um número maior de resultados para avaliar sua eficiência. Por último, a fonoaudióloga Gisele Valdstein acrescentou que as bandagens também podem ser usadas na fonoaudiologia (entenda nos vídeos abaixo).



Fonte: Bem Estar



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais