Notícias

Veterinários pedem à população para não interagir com peixes-bois encontrados no Cabanga

Compartilhe:     |  26 de maio de 2015

Veterinários do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos (CMA) pedem à população para não interagir com os dois peixes-bois fêmeas de aproximadamente três anos e meio que estão na praia do Cabanga, na Zona Sul do Recife. Clara e Natália estão sendo monitorados pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos (CMA) desde a tarde deste sábado.

Os dois animais foram encontrados encalhados e resgatados ainda filhotes na praia da Itamaracá, no Litoral Norte pernambucano. Eles foram reintroduzidos ao mar em Porto de Pedra, em Alagoas, após passar por um período cativeiro em ambiente natural. Não se sabe qual o destino dos animais, que têm chips e marcação por rádio transmissor, o que permite o acompanhamento da localização por GPS.

“Estamos fazendo uma campanha de educação ambiental. Eles são animais costeiros, não são de alto-mar. Queremos manter a segurança e acompanhar o trajeto deles. Pedimos para quem não forneçam comida, nem água”, alerta o veterinário Augusto Boa Viagem, do CMA. Funcionários do órgão acompanham a travessia dos animais, que estão em águas pernambucanas desde a semana passada.



Fonte: Diário de Pernambuco



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Doação de sangue em animais: como funciona e os requisitos para um animal ser doador

Leia Mais