Notícias

Vettel diz que proibir não é solução para meio ambiente, mas admite culpa por correr de F1

Compartilhe:     |  22 de julho de 2021

Uma cena importante foi vista após o GP da Inglaterra, em Silverstone. Apesar do resultado decepcionante na corrida, Sebastian Vettel se uniu à equipe do circuito inglês para ajudar a limpar as arquibancadas. Assim como Lewis Hamilton, o tetracampeão também faz campanha pela preservação do meio ambiente, além do investimento em sustentabilidade.

Também com projetos de reduzir a emissão de poluentes, a Fórmula 1 tenha a meta de se extinguir o carbono até 2030, enquanto biocombustíveis sustentáveis e um maior foco em energia elétrica devem vir com os novos motores até 2025 ou 2026, a categoria ainda depende fortemente da queima de combustíveis fósseis. Por isso, Vettel foi questionado sobre o papel do esporte a motor em um cenário de preocupação ambiental.

“Sim, existe [culpa]. Acho que você poderia dizer que sou um hipócrita porque estou fazendo algo oposto ao que estou dizendo que precisamos cuidar “, respondeu ele. “Mas acho que não mudaremos a opinião das pessoas proibindo algo, portanto, me proibindo de guiar meu carro, acho que não terá o efeito que gostamos. Então, acho que cabe a nós encontrar soluções para que ainda possamos continuar fazendo essas coisas”, acrescentou.



Fonte: Terra Esportes



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Como não repreender seu cachorro – Dicas de cuidados e educação

Leia Mais