Notícias

Vilarejo na Índia sofre com chuvas torrenciais constantes e é o mais úmido do planeta

Compartilhe:     |  26 de outubro de 2014

Para um habitante do sudeste brasileiro hoje a descrição pode soar como o paraíso, mas o vilarejo de Mawsynram, na Índia, sofre com chuvas torrenciais constantes e o maior índice pluviométrico médio do planeta.

O vilarejo registrou uma vez mais de 25 metros de chuvas acumuladas em apenas um ano – o maior índice global.

O fotógrafo neozelandês Amos Chapple viajou a Mawsynram, no Estado de Meghalaya, para registrar o cotidiano do local conhecido como “O lugar mais úmido da Terra”.

Ao ser questionado sobre como é viver com a chuva constante, o açougueiro Winchester Lyngkhoi disse: “Aqui está sempre chovendo, mas temos que trabalhar, então não é bom ficar pensando nisso”.

Os moradores locais desenvolveram métodos para lidar com o clima. “Além dos guarda-chuvas mais tradicionais, um dispositivo conhecido como ‘knup’ é bastante popular entre os trabalhadores”, conta Chapple.

“Feitos de bambu e de folhas de banana, os knups lembram uma mini-canoa apoiada sobre a cabeça”, observa o fotógrafo.

Cerca de 80% de toda a precipitação anual da Índia cai durante o período de monções, entre junho e setembro.

Cerca de 80% de toda a precipitação anual da Índia cai durante o período de monções, entre junho e setembro. No vilarejo de Mawsynram, porém, há uma concentração que fez com que o lugar ficasse conhecido como o “mais úmido do planeta”

Um período de monções fraco — e secas, em casos extremos — atinge negativamente os agricultores, eleva os preços dos alimentos e pode prejudicar a economia. O fotógrafo neozelandês Amos Chapple registrou o cotidiano do vilarejo de Mawsynram, na Índia, conhecido como “o lugar mais úmido da Terra”



Fonte: Uol - BBC Brasil



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Aromaterapia para cães tem vantagens, mas exige conhecimento

Leia Mais